Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Claro como a água

Claro como a água

04.06.20

Maio

Rita
Maio foi, tal como abril fora, um mês de adaptações, ainda que mais tranquilo aqui por casa uma vez que continuamos em teletrabalho. No que se refere a leituras, comecemos pela desistência - algo que não acontecia há bastante tempo - da leitura de "Pão de Açúcar" de Afonso Reis Cabral. Era um livro que tinha na estante há bastante tempo e que (...)
04.05.20

Abril

Rita
Se Março foi um mês de adaptação à nova rotina, Abril foi um mês muito mais tranquilo aqui em casa. Os nossos dias resumem-se a: teletrabalho, fazer comida, ver se o sol já espreita para aumentarmos a vitamina D no organismo, mais teletrabalho, fazer comida novamente, voltar a ver se o sol espreita, limpar a casa (que ultimamente se suja muito mais) e tentar fazer algum exercício para contrariar o sedentarismo A nível de leitura tenho lido em vários momentos, uns minutos (...)
09.10.18

LEITURAS DO MÊS | Setembro

Rita
  O plano que tinha definido para setembro foi cumprido. A viagem foi espetacular, as leituras foram condicionadas pela minha disponibilidade e pelo tempo fora de casa, mas ainda assim foram cumpridas. Em setembro li 4 livros: 3 thrillers e 1 clássico.   A Abadia de Northanger de Jane Austen - 3* Everything I Never Told You de Celeste Ng - 4* Aqueles Que Merecem Morrer de Peter Swanson - 4* Ao Fechar a Porta de B. A. Paris - 3*   Não tendo nenhuma das leituras sido incrível, (...)
03.09.18

LEITURAS DO MÊS | Agosto

Rita
  O agosto de 2018 foi um mês atípico, apenas uns dias de "férias" e, tal como antevíamos, foram dias de alguma azáfama e pouco descanso. Relativamente a leituras, consegui voltar a um ritmo que, não sendo ainda o meu ritmo normal de leitura, está próximo disso. Também no blog e instagram a pouco e pouco estou a voltar ao ritmo habitual.   Em agosto "li" quatro livros (na verdade ouvi um livro e apenas li três), cerca de 1585 páginas: O Homem da Areia de Lars Kepler - 4* O (...)