Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Claro como a água

30.11.16

OPINIÃO | Uma Menina Está Perdida no Seu Século à Procura do Pai

Rita
  Título: Uma Menina Está Perdida no Seu Século à Procura do PaiAutor: Gonçalo M. TavaresAno da primeira publicação: 2014Editora: Porto Editora Nova oportunidade a Gonçalo M. Tavares na expectativa de finalmente fazer parte do grupo de leitores que o apelidam de genial.  Hanna está sozinha na rua, perdida e em busca do pai. Hanna é uma menina de 14 (...)
11.10.16

OPINIÃO | Uma Dor Tão Desigual

Rita
Título: Uma Dor Tão DesigualAutor: VáriosAno de publicação: 2016Editora: Teorema  Oito autores portugueses aceitaram o desafio de explorar as fronteiras múltiplas e ténues que definem a saúde psicológica, através de oito contos de estilos muito diferentes mas igualmente originais:Síndrome de Diógenes de Afonso CruzA Outra Metade de Dulce Maria (...)
07.05.16

OPINIÃO | O Senhor Valéry & O Senhor Henri

Rita
  Título: "O Senhor Valéry" e "O Senhor Henri"Autor: Gonçalo M. TavaresAno da primeira publicação: 2002 e 2003Editora: Editorial Caminho  A série "O Bairro" é uma colecção de dez cadernos dedicados a dez moradores de um bairro inventado pelo autor Gonçalo M. Tavares. Nestes dois primeiros volumes conhecemos o Senhor Valéry e o Senhor Henri: 
19.02.16

OPINIÃO | O Torcicologologista, Excelência

Rita
  Título: O Torcicologologista, ExcelênciaAutor: Gonçalo M. TavaresAno de Publicação: 2015Editora: Caminho Esta foi a minha primeira leitura de Gonçalo M. Tavares, e embora tenha sido avisada sobre a leitura difícil e diferente, julgava-me preparada. Agora que terminei a leitura sei que não estava preparado para algo assim. Gonçalo M. Tavares é um escritor diferente de tudo o que se lê por aí. Das restantes obras não posso falar mas, esta em particular está entre o (...)
13.02.16

Livros novos na Estante

Rita
 Ainda vamos a dia 13 e já não tenho orçamento para comprar mais livros. A minha única resolução para 2016 é não gastar mais do que €30 por mês em livros, até agora estou a portar-me bem. Continuando numa de ler autores portugueses, resolvi experimentar Gonçalo M. Tavares. Tenho lido muitas críticas positivas à sua escrita, e (...)