Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Claro como a água

06.05.17

OPINIÃO | Anúncio de um Crime

Rita
Tí­tulo: Anúncio de um CrimeAutor: Agatha ChristieAno da primeira publicação: 1950Editora: Edições ASA Quinto livro de Agatha Christie lido, primeiro com a personagem Miss Marple.Em Anúncio de um Crime, Agatha Christie cria, uma vez mais, um enredo fantástico, envolto em mistério e onde o suspense está presente do início ao fim. A particularidade deste caso, e que o diferencia dos demais, é que o crime é previamente anunciado no jornal local através da seguinte publicação:Anuncia (...)
31.10.16

OPINIÃO | A Casa Torta

Rita
  Título: A Casa TortaAutor: Agatha ChristieAno da primeira publicação: 1949Editora: ASA Após várias tentativas mal sucedidas, lá consegui acertar no livro que me ajudaria a sair do poço da depressão literária. Agatha Christie levou-me a conhecer a "casa torta" através de um enredo soberbo difícil de igualar, e isso foi o ideal para me trazer de (...)
17.08.16

OPINIÃO | O Assassinato de Roger Ackroyd

Rita
 Título: O Assassinato de Roger AckroydAutor: Agatha ChristieAno da primeira publicação: 1926Editora: Asa Os ingredientes comuns a (quase) todos os livros de Agatha Christie, e que explicam o seu sucesso indubitável, são: uma cena do crime com uma ou mais mortes, um ou vários assassinos, todas as personagens são suspeitas, um detective brilhante para (...)
28.06.16

OPINIÃO | As Dez Figuras Negras

Rita
 Título: As Dez Figuras NegrasAutor: Agatha ChristieAno da primeira publicação: 1939Editora: ASA Quando comecei a ler As Dez Figuras Negras tinha enormes expectativas, arrisco até dizer que as minhas expectativas relativamente a um livro nunca tinham estado a este nível. Os motivos para tal são vários: a obra foi-me indicada/recomendada por (...)
05.06.16

OPINIÃO | Um Crime no Expresso do Oriente

Rita
  Título: Um Crime no Expresso do OrienteAutor:  Agatha ChristieAno da primeira publicação: 1934Editora: Biblioteca Visão  Este foi o primeiro livro que li da autoria de Agatha Christie, a Rainha do Crime. Não sei explicar como é que estive todo este tempo sem pegar num livro dela, tenho este na estante há algum tempo mas fui adiando a leitura até agora. Verg (...)