Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Claro como a água

Claro como a água

04.06.20

Maio

Rita
Maio foi, tal como abril fora, um mês de adaptações, ainda que mais tranquilo aqui por casa uma vez que continuamos em teletrabalho. No que se refere a leituras, comecemos pela desistência - algo que não acontecia há bastante tempo - da leitura de "Pão de Açúcar" de Afonso Reis Cabral. Era um livro que tinha na estante há bastante tempo e que (...)
21.05.20

OPINIÃO | A Corrente

Rita
Título: A Corrente Autor:Adrian McKinty Ano de publicação: 2020 Editora: Editorial Presença   Comprei "A Corrente" há cerca de um mês quando tinha uma vontade inexplicável de ler thrillers. Não sabia nada sobre este livro até ter passado os olhos por um anúncio de alguém que se queria desfazer do livro por um preço que me pareceu aliciante. Foi (...)
19.05.20

OPINIÃO | Flores Cortadas

Rita
Título: Flores Cortadas Autor: Karin Slaughter Ano de publicação: 2016 Editora: Harper Collins   Karin Slaughter é a minha escolha segura dentro do género thrillers e por isso já sabia que o livro me iria prender desde a primeira página. Em Flores Cortadas o enredo decorre no contexto de uma família marcada pelo desaparecimento da (...)