Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Claro como a água

Claro como a água

Qua | 10.08.16

OPINIÃO | Pines

WP_20160810_006.jpg 

Título: Pines

Autor: Blake Crouch

Ano da primeira publicação: 2015

Editora: Suma de Letras

 

Esperava muito deste livro, não creio que tenham sido apenas as expectativas elevadas a conduzir-me à decepção, foi mesmo a mediocridade do livro. 

 

A personagem principal é Ethan Burke, um agente especial. Ethan acorda num hospital em Wayward Pines, sem se conseguir lembrar do que aconteceu e sem os seus objectos pessoais. Como se isso não fosse suficientemente desesperante, Ethan não consegue contactar nenhum familiar nem qualquer outra pessoa que esteja fora da cidade. Todas as pessoas à sua volta são extremamente simpáticas, mas Ethan rapidamente percebe que algo não está bem.

 

Quando comecei a leitura estava convicta de que o livro me iria prender até à última página e que, tal como as inúmeras pessoas que leram a trilogia, também iria querer ler um livro atrás de outro. Creio que o primeiro terço do livro foi lido com esta euforia, li-o num ápice sempre à espera de conseguir encaixar mais uma peça do puzzle. Só que este ritmo alucinante que o autor impõe inicialmente acaba por desvanecer. Já esperava que assim fosse, só não contava que não fosse gradual, aconteceu de repente como se a partir da página 100 tivesse sido outra pessoa a escrever. Talvez o autor seja bipolar, isso explicaria muita coisa.

 

Em poucas palavras, a ideia por detrás desta história é original mas não acho que o autor tenha conseguido alcançar o potencial que esta história prometia. A escrita é muito fraca, as personagens pouco caracterizadas, com excepção do protagonista que é claramente uma pessoa estúpida e arrogante, e a forma como a narrativa se desenrola deixa algo a desejar.

 

Terminei o livro com uma sensação de indiferença e sem qualquer vontade de continuar a trilogia.

 

Classificação no Goodreads: 3/5 (só porque o autor pode mesmo ser bipolar)

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.