Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Claro como a água

Claro como a água

Sex | 19.02.16

OPINIÃO | O Torcicologologista, Excelência

  :

 

Título: O Torcicologologista, Excelência

Autor: Gonçalo M. Tavares

Ano de Publicação: 2015

Editora: Caminho

 

Esta foi a minha primeira leitura de Gonçalo M. Tavares, e embora tenha sido avisada sobre a leitura difícil e diferente, julgava-me preparada. Agora que terminei a leitura sei que não estava preparado para algo assim. Gonçalo M. Tavares é um escritor diferente de tudo o que se lê por aí. Das restantes obras não posso falar mas, esta em particular está entre o génio e a loucura.

É um livro de ficção dividido em duas partes muito distintas. Na primeira parte "Diálogos", o autor apresenta-nos uma série de diálogos entre Vossa Excelência e Vossa Excelência. Se comecei por pensar que haveria apenas uma Excelência, depressa percebi que eram duas e que falavam uma com o outra (algo estranho). Esta primeira parte está carregada de ironia e filosofia, os capítulos são pequenos e abordam os mais variados temas: o pensamento, o corpo, o Bem e o Mal, o poder e a revolução.

 

"Quanto tempo leva uma ideia a espalhar-se desde a cabeça até ao resto do corpo?"

 

"Mas o que proponho não é que se pense ilogicamente sobre uma coisa lógica, mas sim que se pense logicamente sobre uma coisa ilógica."

 

"A questão de partida é que só se pode ver o que está atrás se olharmos para a frente. Ou seja (...) por imposição da anatomia humana, a única maneira de fixar os olhos no passado é virar as costas, a nuca, e os calcanhares, ao futuro. Se te fixas no passado, ficas de costas para o futuro. É simples, não?"

 

Achei interessante o uso da palavra “Excelência” para interpelar o outro, não existem nomes nem identidades. Também encontrei algumas passagens brilhantes que merecem reflexão. É isto que a primeira parte do livro é: diálogos que fazem pensar.

Na segunda e curta parte "Cidade", de apenas 20 páginas, o autor apresenta-nos as pessoas anónimas, identificadas por números, que habitam a agitada cidade.

 

Não achei uma leitura extraordinária, foi agradável, é um livro que se lê facilmente e que nos leva a refletir. Talvez dê uma segunda oportunidade a Gonçalo M. Tavares, veremos.

 

Classificação no Goodreads: 3/5

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.