Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Claro como a água

Claro como a água

Ter | 29.12.15

OPINIÃO | O Luto Elias Gro

O Luto de Elias Gro

 

Título: O Luto de Elias Gro

Autor: João Tordo

Ano de Publicação: 2015

Editora: Companhia das Letras

 

Foi o primeiro livro que li do autor João Tordo e não será com certeza o último.

Nesta obra vivemos várias histórias: a do protagonista, cujo nome não é revelado, o presente e o passado de Elias Gro na pequena ilha e ainda a misteriosa personagem que é o escritor Lars Drosler.

O novo habitante da ilha, o protagonista sem nome, passa a habitar o farol abandonado e tem por companhia o livro História Universal da Infâmia de Jorge Luís Borges, a bebida e aos poucos também a companhia de Cecília, a filha de Elias Gro. É Cecilia a única pessoa que o vai conseguindo despertar.

A narrativa de João Tordo toca-nos o coração e a alma, chega-nos onde a maioria dos escritores não consegue chegar. Fala-nos na perda, no sentimento de impotência e vazio que o ser humano experimenta. João Tordo é sem dúvida um autor que pretendo seguir.

 

Citações Preferidas:

"Sei agora o que nunca soube – que o amor encontra o seu estado mais puro quando julgamos que o fim chegou."

 

"Parece que o lugar onde estamos nunca é suficientemente agradável. Deixa-me ver se acolá se está melhor. E, quando lá chegamos, percebemos afinal que a vida também estava a acontecer onde estávamos. Mas agora já estamos acolá e não podemos regressar, porque a vida também acontece acolá."

 

Classificação no Goodreads: 5/5

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.