Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Claro como a água

Ter | 02.05.17

OPINIÃO | A Gorda

Rita

 A Gorda (2).jpg 

Título: A Gorda

Autor: Isabel Figueiredo

Ano da primeira publicação: 2016

Editora: Editorial Caminho

 

Muito bem se tem dito e escrito sobre este livro e sobre a autora, de quem nunca tinha ouvido falar. Após algumas idas à livraria para admirar o livro, e após ter confirmado que a biblioteca não dispunha de nenhum exemplar, decidi presentear-me com A Gorda. Levei cerca de 30 páginas a desiludir-me, mais umas 20 foram suficientes para perceber que não foi uma compra inteligente.

 

Já conta a sinopse que a personagem principal e "heroína" deste romance é Maria Luísa: uma bela rapariga, inteligente, boa aluna, com uma forte personalidade, só que Maria Luísa é gorda e deixa que isso ponha tudo o resto em causa. A premissa pareceu-me bem, achei a escrita bastante agradável, o livro tem até algumas passagens muito bonitas, no entanto tem falhas que, inevitavelmente, me levaram a não gostar assim tanto desta experiência.

 

A primeira falha que identifiquei foram lacunas na história. Com todo o enfoque na característica física de Maria Luísa e no problema em que isso se torna, faltaram algumas partes da história que justificassem, por exemplo, o início do "problema" ou a decisão de fazer a cirurgia. Esta primeira falha pode ter conduzido a uma segunda: a incompletude da personagem principal e a consequente falta de empatia entre o leitor e a personagem. 

 

É um livro com uma temática pesada, diria que algo depressivo, com uma escrita bonita mas com um enredo incompleto e por vezes confuso. Isabel Figueiredo é uma autora que quero manter debaixo de olho, na expectativa de que se venha a revelar todo o potencial escondido nesta obra.

 

Classificação no Goodreads: 3/5

4 comentários

Comentar post