Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Claro como a água

Claro como a água

Qui | 21.05.20

OPINIÃO | A Corrente

IMG_0991.jpg

Título: A Corrente

Autor:Adrian McKinty

Ano de publicação: 2020

Editora: Editorial Presença

 

Comprei "A Corrente" há cerca de um mês quando tinha uma vontade inexplicável de ler thrillers. Não sabia nada sobre este livro até ter passado os olhos por um anúncio de alguém que se queria desfazer do livro por um preço que me pareceu aliciante. Foi nesse momento que pesquisei sobre ele e fiquei fascinada com a originalidade que está por detrás desta história macabra!

Tendo sido uma compra por impulso, algo que não me acontece com muita frequência, o resultado foi bastante positivo.

Começando pelas características de que mais gostei nesta leitura. Em primeiro lugar está sem dúvida a escrita que considero atípica dentro do género literário, nada superficial nem tão pouco totalmente factual, e com inúmeras referências literárias. De seguida, esta leitura ganhou muitos pontos pela originalidade do enredo, a ideia por detrás é de que existe uma corrente que faz com que os pais cujos filhos foram raptados só os possam ter de volta depois de pagarem e de os substituírem na corrente por uma outra criança que, como possivelmente já terão adivinhado, terão eles próprios de raptar.

Os pontos menos favoráveis que identifico nesta leitura são essencialmente dois. O primeiro está relacionado com o ritmo em que a ação decorre, achei que alguns acontecimentos mereciam ter sido descritos em mais páginas do que aquelas que o autor utilizou, aconteceram muito rapidamente. Por outro lado achei que certos acontecimentos, como a aproximação entre duas das personagens, foram forçados, o que poderá ser uma consequência do ritmo demasiado acelerado para o meu gosto, que o autor impôs a certas partes da leitura.

Outra situação que tornou esta leitura menos agradável foi o drama incutido em toda a leitura, através da doença de uma das personagens centrais. As constantes referências ao problema e as diversas situações em que considero que o estado de saúde da personagem se incompatibilizou com as suas ações e atitudes, não funcionaram nada bem para mim.

Contas feitas, a originalidade do enredo e o suspense em que está envolto proporcionaram uma leitura viciante que cumpriu o objetivo inicial de uma leitora que procurava um bom thriller para ler.

 

Classificação no goodreads: 3/5

 

Comprar Wook | Comprar Bertrand