Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Claro como a água

Qui | 31.01.19

OPINIÃO | A Boa Filha

Rita

A Boa Filha.JPG

Título: A Boa Filha

Autor: Karin Slaughter

Editora: Harper Collins

Ano de publicação: 2017

 

Em janeiro voltei a ler Karin Slaughter, uma das escritoras que mais aprecio no que se refere a thrillers e que já não lia há muito tempo. A Boa Filha foi o primeiro calhamaço do ano, porque isto de estar por casa tem que ter algum benefício, sempre dá para ler livros maiores que costumo evitar quando leio nos transportes.

 

A Boa Filha traz-nos suspense do início ao fim enquanto andamos para trás e para a frente no tempo na tentativa de finalmente conhecer o contexto em que cada episódio se desenrola. Confesso que esta é a receita certa para um thriller me prender.

E como qualquer thriller ficaria arruinado se falasse muito sobre ele, digo-vos apenas que as personagens desta história são duas irmãs Charlotte e Samantha Quinn que sofreram um trauma horrível quando eram crianças e que 28 anos depois se vêem envolvidas numa nova trama.

Já conhecia a escrita da autora, muito envolvente mas também muito fria. A autora descreve algumas cenas de forma muito crua e realista, o que me deixou frequentemente muito arrepiada e sem palavras.

 

Poderia pensar-se que mais de 600 páginas poderiam trazer algum aborrecimento a esta história, o que não sendo inteiramente mentira não é de todo verdade! Não me passou ainda pelas mãos nenhum livro com mais de 500 páginas em que não tivesse pensado que 100 páginas estavam a mais. Com este livro passou-se isso mesmo. Alguns episódios, não sendo propriamente aborrecidos, pareceram-me palha. Portanto, não há aborrecimento mas sim algumas alterações no ritmo da leitura, ora vamos a uma velocidade estonteante, ora somos forçados a travar abruptamente.

 

Adorei voltar a ler Karin Slaugther. Quais são os vossos livros preferidos da autora?

 

Classificação no Goodreads: 4/5

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.