Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Claro como a água

Claro como a água

Seg | 16.05.16

DIVULGAÇÃO | Se o Passado Não Tivesse Asas

 

 
O novo romance de Pepetela já está à venda, uma vez mais pelas mãos da editora Dom Quixote. Se o Passado Não Tivesse Asas está à venda por €18,90 (parece-me um preço um bocadinho exagerado, ainda mais para um livro com 384 páginas), no entanto, se o comprarem na wook levam de oferta o livro O Terrorista de Berkeley, Califórnia também do Pepetela. Podem saber mais e também comprar aqui.
 
Deixo-vos a sinopse:
 

Himba, treze anos acabados de fazer, perde-se do resto da família, vendo--se de repente sozinha no mundo. Sem outros meios que não sejam a sua inteligência, consegue chegar a Lunda, onde conhece Kassule, um menino de dez anos que perdeu uma perna devido a estilhaços de uma mina. Ambos órfãos vítimas da guerra, dependendo do lixo dos restaurantes, unem-se para conseguirem subsistir, lutando pela sobrevivência dia a dia.
Sofia, que há muito aguarda uma oportunidade para mudar de vida, aceita gerir um restaurante, onde também dá conselhos sobre temperos. À medida que o restaurante vai ganhando clientes da classe alta de Luanda, também a ambição de Sofia vai sendo alimentada. E está disposta a agarrar todas as oportunidades que lhe garantam uma vida melhor, a ela e ao irmão Diego, um artista de rua que sonha expor em galerias.
Se o Passado não Tivesse Asas cruza duas histórias, duas grandes personagens femininas, numa narrativa original com um desfecho imprevisível, que retrata os últimos vinte anos da história de Angola.