Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Claro como a água

Um blog para os apaixonados por livros, ou para quem procura um livro para ler

Claro como a água

Um blog para os apaixonados por livros, ou para quem procura um livro para ler

Dicas para ser um leitor assíduo

10.11.20

Dicas.png

 

Este post funcionará, em última instância, para que possa futuramente revisitar a lista de dicas que me ajudam a ser uma leitora assídua. Na realidade, todos os posts deste blog funcionarão, em última instância, para memória futura.

De tempos em tempos passo por fases em que não consigo ler com a mesma frequência e gosto habituais. Se, felizmente, não atravesso fases menos boas com muita frequência, infelizmente costumo demorar algum tempo a ultrapassar essas fases. É principalmente nessas alturas menos boas, que procuro dicas para voltar a ser uma leitora assídua. Partilho aquelas que melhor têm funcionado para mim:

 

1 - Definir objetivos de leitura

Tenho reservado cerca de 15 minutos diários para a leitura, preferencialmente durante a hora de almoço ou no final do dia. A verdade é que muitas vezes acabo por estender esses 15 minutos por 30 ou mesmo 1hora, dependendo da disponibilidade e da altura do dia. A ideia é que esses 10, 15, 30 minutos - qualquer que seja o tempo que reservem - ajudam a (re-)criar o hábito de ler. Por ser um tempo previamente estipulado por nós, é um objetivo que nos deixa confortáveis e que sabemos que facilmente alcançaremos.

Em alternativa poderá ajudar se definirem um objetivo ao nível do número de páginas diárias que querem ler, ou uma combinação dos dois, por exemplo, ler 30 minutos ou 30 páginas.

 

2 - Escolher o livro certo (e não um livro obrigatório)

Nestas fases menos boas é particularmente importante escolher o livro certo. Não adianta pensar que temos dezenas de livros por ler na estante, alguns deles há já demasiado tempo, que temos que ler determinado livro porque alguém nos indicou ou porque de alguma forma nos comprometemos. É nesta fase, senão em qualquer outra, que devemos escolher o livro que de facto nos entusiasma. Desta forma vamos estar mais recetivos à nova leitura e será muito mais fácil "entrar na história".

 

3 - Andar sempre com um livro na mala

Levar um livro nos transportes, para a sala de espera de um consultório, enquanto se espera para ir buscar os filhos, nunca se sabe em que ocasião o livro nos ajudará a passar o tempo e (bónus) poderemos cumprir o objetivo de leitura diário!

Se nem sempre é prático transportar um livro físico, podemos levar o ereader ou ter a versão digital de um livro no telemóvel. Não há desculpa.

Nos dias de hoje em que muitos de nós estão em teletrabalho, pode ajudar colocar o livro em locais estratégicos como a mesa de cabeceira - se tendencialmente lermos antes de ir dormir - ou junto ao sofá.

 

4 - Abandonar a leitura sem remorso

Confesso que estou a sair-me cada vez melhor nisto de não terminar livros. Nas primeiras vezes não foi fácil, mas a realidade é que nem sempre lemos o livro certo no momento certo e a solução passa por colocá-lo de lado e terminar mais tarde, ou não terminar de todo. O "truque" passa por mudar a perspetiva e reconhecer que pior do que não terminar um livro, é forçarmo-nos a lê-lo. Afinal, se ler não for gratificante, qual é o objetivo?

 

5 - Ler/ouvir/falar sobre livros

Pessoalmente, o que me ajuda a recuperar a amizade com os livros é rodear-me de leitores. Se infelizmente não tenho pessoas próximas que partilhem o hábito de leitura, a internet ajuda-me bastante a rodear-me de pessoas que gostam de ler e que escrevem/falam de forma apaixonante sobre os livros. Sigo vários blogs literários, canais de youtube e páginas de instagram de leitores de todo o mundo que conseguem contagiar-me pela forma apaixonada com que falam sobre as suas leituras.

Participar em clubes de leitura locais ou online, em fóruns de discussão do goodreads ou fazer leituras conjuntas são alternativas que também poderão ajudar a manter, ou recuperar, a vontade de ler.

 

Partilhem como as dicas que melhor resultam convosco!

4 comentários

Comentar post