Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Claro como a água

Seg | 22.05.17

Dia do Autor Português

Rita

Hoje comemora-se o Dia do Autor Português

Quando era adolescente tinha aversão a livros escritos por autores portugueses, as únicas excepções eram Saramago e Eça de Queiróz. Cresci lado a lado com os best-sellers e as recomendações do tipo "leva este que vende bem", ou "este vai dar um filme". Diria que cerca de 80% dos livros que li durante a adolescência foram escritos por autores estrangeiros e posteriormente traduzidos para português.

Mas com a idade veio a afirmação, o não deixar que decidissem por mim, talvez o querer ser diferente. Descobri a literatura portuguesa e toda a potencialidade da escrita em português. Foram horas de prazer, um sentimento diferente do que estava habituada, resmas de livros acessíveis através da biblioteca e vários "novos" livros e autores favoritos.

 

Deixo-vos algumas sugestões de leitura em português:

 

autores portugueses.png

 

Foi também durante esta fase que comecei a ler clássicos, outro sentimento diferente, mas essa conversa fica para outro dia.

 

1 comentário

Comentar post