Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Claro como a água

Qui | 11.08.16

CITAÇÃO | Pepetela

Rita

O amor é uma dialética cerrada de aproximação-repúdio, de ternura e imposição, senão cai-se na rotina, na mornez das relações e, portanto, na mediocridade. Detesto a mediocridade! Não há nada pior no homem que a falta de imaginação. É o mesmo no casal, é o mesmo na política. A vida é criação constante, morte e recriação, a rotina é exactamente o contrário da vida, é a hibernação.

 

em Mayombe de Pepetela