Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Claro como a água

Um blog para os apaixonados por livros, ou para quem procura um livro para ler

Claro como a água

Um blog para os apaixonados por livros, ou para quem procura um livro para ler

Abril

04.05.20

Se Março foi um mês de adaptação à nova rotina, Abril foi um mês muito mais tranquilo aqui em casa.

Os nossos dias resumem-se a: teletrabalho, fazer comida, ver se o sol já espreita para aumentarmos a vitamina D no organismo, mais teletrabalho, fazer comida novamente, voltar a ver se o sol espreita, limpar a casa (que ultimamente se suja muito mais) e tentar fazer algum exercício para contrariar o sedentarismo

A nível de leitura tenho lido em vários momentos, uns minutos enquanto tomo o pequeno-almoço, se conseguir também leio depois do almoço antes de voltar ao trabalho, leio depois do jantar no sofá e às vezes também na cama. Tenho lido mais vezes no kobo do que estava a ler antes desta fase, geralmente leio um livro físico e um livro no kobo em simultâneo. 

Em abril li 5 livros. 

IMG_0976.jpgIMG_0977_copy.jpg

 

Lá, Onde o Vento Chora de Delia Owens, 5 estrelas, foi a leitura deste mês, podem ler a minha opinião aqui.

Se Esta Rua Falasse de James Baldwin, 3 estrelas, foi uma leitura que iniciei em fevereiro, creio, e que fui arrastando até quase ao final de abril. Apesar de ser um livro relativamente curto, o tema obrigou a que o ritmo de leitura fosse moderado. 

A Vida em Surdina de David Lodge, 3 estrelas, foi uma leitura mais leve, apesar da temática sensível, é um livro cheio de humor. Não sei se foi pelo momento, mas faltou-me sentir empatia pelas personagens.

De volta aos thrillers de Karin Slaughter com Flores Cortadas, 4 estrelas. A autora é a minha escolha segura neste género literário e por isso já sabia que o livro seria muito bom. Publicarei a minha opinião durante a próxima semana.

A última leitura do mês foi uma novidade de um autor português, que também ele foi estreia para mim. Margarida Espantada de Rodrigo Guedes de Carvalho, 4 estrelas, foi uma surpresa, quer o enredo, quer a escrita. Também sobre este publicarei a minha opinião em breve.

 

Acredito que Maio traga incertezas e exija que nos adaptemos novamente. Por aqui vamos continuar a recorrer aos livros como forma de limpar a mente.

2 comentários

Comentar post