Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Claro como a água

Claro como a água

01.04.18

OPINIÃO | O Nosso Reino

Rita
 Título: O Nosso Reino Autor: Valter Hugo Mãe  Ano de publicação: 2004  Editora: Porto Editora    O Nosso Reino foi o romance de estreia de Valter Hugo Mãe, o meu sexto livro do autor e, até me dói o coração por ter de escrever isto, o que menos me agradou.   O estilo deste romance é semelhante ao de grande parte dos outros romances de Valter Hugo Mãe, quase uma prosa poética com passagens profundas, uma escrita que se tenta aproximar do português falado e uma (...)
31.03.18

OPINIÃO | A Sul da Fronteira, a Oeste do Sol

Rita
  Título: A Sul da Fronteira, a Oeste do Sol Autor: Haruki Murakami Ano da primeira pulicação: 1992 Editora: Casa das Letras   South of the Border, West of the Sun é o tema de Nat King Cole que dá título ao romance de Haruki Murakami. O quarto livro do autor que leio e o mais distinto do estilo que caracteriza Murakami: cenários mágicos e imaginários.   "Provavelmente" é uma palavra que talvez possa fazer sentido a sul da fronteira. Mas nunca, em tempo algum, a oeste do sol.   Haji (...)
29.03.18

OPINIÃO | Extremamente Alto e Incrivelmente Perto

Rita
  Título: Extremamente Alto e Incrivelmente Perto Autor: Jonathan Safran Foer Ano de publicação: 2012 Editora: Bertrand Editora   Extremamente Alto e Incrivelmente Perto conta a história daqueles que têm de viver depois de ter perdido alguém. Do seu luto, da sua dor, da busca incansável por respostas. Esta é a história de várias personagens: Oskar Schell, um menino de nove anos que perdeu o pai no atentado contra o World Trade Center a 11 de setembro de 2001 e sob o qual não (...)
28.03.18

OPINIÃO | O Labirinto dos Espíritos

Rita
Título: O Labirinto dos Espíritos Autor: Carlos Ruiz Zafón Ano da primeira publicação: 2016 Editora: Editorial Planeta   O Labirinto dos Espíritos foi uma das últimas leituras de 2017, um dos livros que carinhosamente batizei de "monstro da minha estante". Com cerca de 800 páginas, difícil de carregar e ler nos transportes, necessitei de cerca de 2 meses para o ler. Este é o último volume da saga O Cemitério dos Livros Esquecidos, que muitos de (...)