Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Claro como a água

Claro como a água

29.03.18

OPINIÃO | Extremamente Alto e Incrivelmente Perto

Rita
  Título: Extremamente Alto e Incrivelmente Perto Autor: Jonathan Safran Foer Ano de publicação: 2012 Editora: Bertrand Editora   Extremamente Alto e Incrivelmente Perto conta a história daqueles que têm de viver depois de ter perdido alguém. Do seu luto, da sua dor, da busca incansável por respostas. Esta é a história de várias personagens: Oskar Schell, um menino de nove anos que perdeu o pai no atentado contra o World Trade Center a 11 de setembro de 2001 e sob o qual não (...)
06.12.17

OPINIÃO | As Oito Montanhas

Rita
  Título: As Oito Montanhas Autor: Paolo Cognetti Ano da primeira publicação: 2016 Editora: Dom Quixote   As Oito Montanhas foi-me descrito, pela minha amiga Leonor, como um livro maravilhoso que fala sobre a vida, sobre a amizade, uma leitura ternurenta e bastante curta. Tive que experimentar para perceber que teria de concordar com a Leonor.   O autor da obra é Paolo Cognetti, um escritor italiano que, após 15 anos de carreira e uma viagem pelos Alpes, alcança finalmente a fama (...)
05.12.17

OPINIÃO | Lincoln no Brado

Rita
Título: Lincoln no Brado Autor: George Saunders Ano da primeira publicação: 2017 Editora: Relógio D'Água   Lincoln no Brado é o primeiro romance do autor George Saunders, até então associado apenas à escrita de contos. Podemos dizer que George Saunders "chegou" e venceu, já que este seu primeiro romance arrecadou o Man Booker Prize deste ano.   O romance levou cerca de quatro anos a ser escrito, ainda que a ação decorra em uma única noite. O autor baseou-se em factos (...)
16.11.17

OPINIÃO | A Estrada Subterrânea

Rita
  Tí­tulo: A Estrada Subterrânea Autor:  Colson Whitehead Ano da primeira publicação: 2017 Editora: Alfaguara Portugal   A Estrada Subterrânea é o romance de Colson Whitehead que arrecadou o Prémio Pulitzer para ficção (2017) tendo ainda estado na corrida para o Man Booker Prize (2017). As críticas são promissoras: "um romance poderoso", um "livro de aventuras que é também um livro de viagens", um "romance histórico com toques de fantasia e distopia" e uma (...)