Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Claro como a água

Claro como a água

09
Out18

LEITURAS DO MÊS | Setembro

Setembro.jpg

 

O plano que tinha definido para setembro foi cumprido. A viagem foi espetacular, as leituras foram condicionadas pela minha disponibilidade e pelo tempo fora de casa, mas ainda assim foram cumpridas.

Em setembro li 4 livros: 3 thrillers e 1 clássico.

 

A Abadia de Northanger de Jane Austen - 3*

Everything I Never Told You de Celeste Ng - 4*

Aqueles Que Merecem Morrer de Peter Swanson - 4*

Ao Fechar a Porta de B. A. Paris - 3*

 

Não tendo nenhuma das leituras sido incrível, descobri dois autores que quero voltar a ler.

 

Celeste Ng foi a primeira surpresa, se não estava certa de querer comprar a mais recente novidade literária da autora, Pequenos Fogos em Todo o Lado (porque isto de investir em novidades dá cabo da carteira do leitor, e então se a obra for apenas mais uma, lá se vai o ânimo também), a leitura de Everything I Never Told You dissipou qualquer dúvida que podia ter. Entretanto já estou a ler Pequenos Fogos em Todo o Lado, por andar um pouco ocupada nos últimos tempos, não tenho conseguido dedicar-me ao livro como gostaria, ainda que esteja bastante entusiasmada com a leitura!

 

Peter Swanson foi a segunda surpresa do mês, Aqueles Que Merecem Morrer foi o thriller de estreia e a certo ponto dei por mim a pensar "Oh Meu Deus! Não estou a aguentar o que se está a passar aqui!". Li o livro em formato ebook mas este é um dos thrillers que gostava de ter na estante, nem que fosse apenas para impingir à minha mãe quando ela me pede um livro para quem não tem muita disponibilidade para ler.

 

Em setembro li ainda A Abadia de Northanger da Jane Austen. Este foi o terceiro livro que li da autora e foi também uma quase desilusão, não só por ter sentido que as personagens eram muito enfadonhas, mas porque todo o enredo não me despertou qualquer interesse.

Sobre o último thriller que li no passado mês, Ao Fechar a Porta de B. A. Paris, deu para passar o tempo entre aeroportos e voos, foi uma leitura interessante como são os thrillers em geral, na medida em que deu para passar o tempo.

 

Como foram as vossas leituras de setembro?

 

20
Set18

5 Pecados Literários

Woman Reading.jpgImagem vista aqui.

 

 

Todo o leitor comete um ou outro pecado literário.

A minha mãe, por exemplo, utiliza a extensão das capas (aquela parte da capa que se dobra para o interior) como marcador - descrever esta cena arrepia-me. Tenho uma amiga que se gaba de apenas ler policiais mas que também leu os três volumes de "As Cinquenta Sombras de Grey" e esconde esse facto da maioria das pessoas.

 

Estes são os meus 5 pecados literários:

 

1 - Passar mais tempo a organizar a lista de livros que quero ler e/ou comprar do que a efetivamente ler.

 

2 - Esporadicamente ter vontade de ler romances lamechas (ao estilo Nicholas Sparks) mas esconder essa vontade do resto do mundo.

 

3 - Ler em locais/momentos inapropriados quando precisamos meeeesmo de ajustar o nível de suspense.

 

4 - Utilizar a desculpa "deixa-me só terminar este capítulo" para poder não só terminar o capítulo atual mas ainda conseguir ler o próximo capítulo.

 

5 - Comprar mais e mais livros quando as pilhas de livros junto à estante já tendem a parecer a Torre de Pisa.

 

E vocês, quais são os vossos pecados literários?

16
Set18

TAG | 7 PROVÉRBIOS, 7 LIVROS

Books.jpgImagem vista aqui

 

Inspirada pelo post da Sweet e pelas suas fantásticas escolhas, trago neste post o desafio de associar 7 livros (na realidade são 9) a 7 provérbios, tentando não repetir as escolhas da Sweet. 

 

1 - A pensar morreu um burro.
Um livro que enrolou, enrolou, enrolou e parecia nunca mais chegar ao fim.

"A Terceira Condição" de Amos Oz, foi um sacrifício enooorme...

 

2 - Mais vale tarde que nunca.
Um livro de que não estavas a gostar muito, mas depois "puff fez-se luz" teve um final muito bom.

"O Assassinato de Roger Ackroyd" de Agatha Christie

 

3 - Antes só que mal acompanhado.
Um livro único (stand-alone) espetacular.

Poderia referir tantos livros espetaculares mas para não me repetir, vou escolher "A Desumanização" de Valter Hugo Mãe.

 

4 - A galinha da vizinha é sempre melhor que a minha.
Um livro muitas vezes comparado a livros ou sagas populares, mas que ficou um pouco abaixo das expectativas.

  

5 - Para bom entendedor meia palavra basta.
Um livro curto, mas bom.

"Uma Escuridão Bonita" de Ondjaki. Lê-se em uma ou duas horas e é perfeito!

 

6 - Todos os caminhos vão dar a Roma.
Um livro e/ou universo literário para o qual gostavas de viajar.

Harry Potter, sempre.

 

7 - Quem te avisa teu amigo é.
Recomenda três livros.

"Jesus Cristo Bebia Cerveja" de Afonso Cruz, "O Retrato de Dorian Gray" de Oscar Wilde e "O Sentido do Fim" de Julian Barnes .

 

Digam-me quais seriam as vossas escolhas para estas categorias

10
Set18

OPINIÃO | O Homem das Cavernas

O Homem das Cavernas.PNGTítulo: O Homem das Cavernas
Autor: Jørn Lier Horst
Ano da publicação: 2018
Editora: Dom Quixote

 

O Homem das Cavernas é o nono volume da série William Wisting e, se não estou em erro, o terceiro livro do escritor Jørn Lier Horst traduzido para português. É também o meu primeiro contacto com este autor norueguês.

As primeiras páginas leem-se bem e a expetativa é de que, conforme a história se vai desenrolando, fiquemos cada vez mais obcecados em saber como vai terminar, só que este cenário está longe de ser a realidade.

 

As personagens foram pouco trabalhadas, parecem-me demasiado superficiais, e talvez por isso não tenha sentido empatia por nenhuma delas. Outra característica de que não gostei foi o pouco desenvolvimento de alguns acontecimentos que considero não serem secundários à história principal.

 

A escrita não é a melhor, senti dificuldade em acompanhar os acontecimentos e em manter o interesse na história, por diversas vezes senti que preferia estar a fazer qualquer outra coisa em vez de ler este livro. Admito que a dificuldade em concentrar-me na leitura possa ter resultado de alguma falta de empenho minha, e não dever-se apenas à escrita do autor, fica a dúvida.

 

Então afinal o que é que este livro tem de bom? Bem, não sei se poderá dizer-se que é bom mas antes menos mau, talvez a história (se quiserem saber mais, leiam a sinopse). Acho que é o primeiro autor nórdico (e creio que também o primeiro autor norueguês) que leio e do qual não gosto. Não recomendo.

 

Classificação no Goodreads: 2/5

 

04
Set18

Planos para setembro

Em setembro há uma viagem de três semanas a um país algo exótico, com voos longos, percursos em cidades, aventuras em selva e apenas meia dúzia de dias destinados a estar deitada ao sol. O tempo para ler será proporcional ao número de livros que poderei levar comigo, ou seja muito pouco, no entanto seria incapaz de viajar sem material suficiente para poder escolher o que ler, pelo que vou ter de apostar no Kobo.

Pois então, já devem estar a prever que por aqui vamos estar em piloto-automático, ainda que vá tentado dar notícias através do instagram.

 

O contexto que descrevi em cima obrigou à definição de uma espécie de plano de leitura:

 

Estou atualmente a ler dois livros, que conto terminar nos próximos dias: A Abadia de Northanger de Jane Austen e Everything I Never Told You de Celeste Ng. O primeiro tinha na estante, o segundo no Kobo.

 

Atual.png

 

Setembro é mês de ler thrillers, pelo que vou tentar ler dois livros deste género: Aqueles que merecem morrer de Peter Swanson e Ao Fechar a Porta de B. A. Paris. Não foi difícil escolher os livros para este desafio porque estes são os únicos dois thrillers que tenho no Kobo.Thrillers.png

Para que o mês de setembro não se torne demasiado pesado (ou negro), estou a pensar ler ainda pelo menos uma das seguintes obras: O que vemos quando lemos de Peter Mendelsund, um livro de não-ficção sobre a perceção do leitor, ou Dez Anos Depois de Liane Moriarty, um romance sobre o qual pouco sei.

A ler.png

Por esse lado, há planos para setembro? Já leram algum dos livros que mencionei?

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Facebook

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

A Ler


goodreads.com

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Género

*

Tamanho

*

Autores Lidos