Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Claro como a água

Claro como a água

13
Dez17

Carta ao Pai Natal

Wishlist.png

 

Querido Pai Natal,

 

Este ano gostaria de receber (pelo menos) um dos livros da minha lista de desejos. Esta panóplia de livros foi feita a pensar em mim, mas também em si! Ora vejamos, se o orçamento for magrinho, opte pelo Ondjaki ou pelo Philip Roth, por outro lado, se também já estiver iludido de que os tempos de austeridade ficaram no passado, então é o momento ideal para oferecer A Margarida e o Mestre. A pensar na sua saúde e na das suas renas, existem opções mais leves, para que não tenha de carregar tanto peso, como é o caso d'As Memórias Subterrâneas, por outro lado, se também tiver sido apanhado pela onda fit e quiser exercitar-se um pouco, então Extremamente Alto e Incrivelmente Perto pode ajudá-lo a alcançar o seu objetivo.

Releva referir que, tal como tem sido hábito, este ano tenho-me portado muito bem, exceto no que toca a compra de livros, nesse campo a coisa tem descambado um pouco...mas, vendo a coisa pelo lado positivo, antes viciada em livros do que em álcool ou drogas, certo?

 

Obrigada e um Feliz Natal!

10
Mai17

Dilema na Livraria

34940787

 

A primeira vez que vi um exemplar de Cartas de Amor e de Guerra do escritor russo Mikhail Chichkin foi há cerca de 4 semanas, num dos meus passeios da hora de almoço. Entrei na Bertrand para dar uma vista de olhos pelas novidades, entre elas estava este livro. Li meia dúzia de páginas, o bastante para querer ler as restantes 330. Não comprei o livro por vários motivos, entre eles não querer abdicar de €22.

Desde aquele dia, sempre que entro numa livraria, os meus olhos fixam aquela capa, pego no livro e leio mais duas ou três páginas.

  

Perante tamanho apego (ao livro) e necessidade de devorar aquelas páginas, antevejo os seguintes desfechos:

1) perco o amor aos €22, a racionalidade e lucidez e compro o livro;

2) continuo a visitar a livraria para poder ler mais umas páginas, ao fim de 56 visitas, a uma média de 6 páginas por visita, o livro está lido e os €22 continuam do meu lado;

3) faço um choradinho à senhora da biblioteca para tentar que adquiram um exemplar do livro;

4) arranjo um amigo que tenha este livro e imploro que mo empreste.

 

O primeiro cenário parece-me ser o mais provável. O segundo cenário de nada tem de ético, o terceiro é demasiado embaraçoso e o quarto bastante improvável.

 

Mikhail Chichkin é intitulado de "o mais célebre autor russo da sua geração" e a sua prosa classificada como poética.

Neste romance o autor apresenta-nos a história de dois amantes: Vladímir, um soldado a lutar na China em plena Rebelião dos Boxers, e Aleksandra, que vive e trabalha em Petersburgo. Não é apenas uma troca de correspondência nem uma história de amor, é a história destas duas personagens, das suas vivências, daquilo que os distância: os espaços físico e temporal.

 

Deixo-vos duas sugestões de leitura para aguçar a curiosidade: um artigo da Revista Sábado e um outro artigo de opinião.

08
Mai17

Sobre a wishlist e as compras por impulso

Passou um ano desde que me comprometi a ser mais selectiva e controlada relativamente aos livros que compro. Na altura decidi que, a fim de alcançar esse objetivo, teria de:

 

1) controlar as compras por impulso

2) aprender a diferenciar os livros que quero ler, daqueles que quero comprar

3) diminuir o número de livros por ler que tenho em casa

 

O panorama na altura era o seguinte: 

queria ler 106 livros, tinha 35 livros por ler na estante e 16 livros na wishlist

Hoje a realidade é esta: 

quero ler 85 livros, tenho 27 livros por ler na estante e 10 livros na wishlist

 

Talvez os números não expressem correctamente a mudança de hábitos que ocorreu. Olhando para o último ano, identifico algumas pequenas conquistas:

 

1) Passei a frequentar a biblioteca. Ainda que com alguma dificuldade em termos de conciliação horária, só consigo ir à biblioteca aos sábados. No último ano requisitei cerca de 30 livros na biblioteca, foram 30 livros que não comprei. 

 

2) Deixei de comprar livros quando não tinha informação sobre eles. As compras por impulso (quase) desapareceram, passei a ler sinopses e opiniões de outros leitores na internet e passei também a confirmar se o livro estava disponível na biblioteca antes de o comprar, sem prejuízo de o poder comprar mais tarde.

 

3) Antes de comprar um livro questiono-me sobre a necessidade de realmente o ter na estante. Vou voltar a lê-lo? Alguém à minha volta vai querer lê-lo?

 

4) "Limpo" regularmente a wishlist. De tempo a tempo gosto de olhar para a minha wishlist e, surpreendentemente ou não, por vezes chego a alterá-la. A última vez que adicionei um livro à wishlist foi em Dezembro de 2016.

 

Esta foi a altura certa para fazer o balanço, é que a Feira do Livro de Lisboa está quase aí e é bem possível que se torne difícil diferenciar os livros que quero ler daqueles que quero ter.

 

02
Mai17

Breves: o preço dos livros, outra vez

Já disse que ando a ler A Insustentável Leveza do Ser de Milan Kundera. O livro faz inúmeros referências ao clássico Anna Karenina do Tolstoy. Se já antes andava tentada a ler esta obra-prima, nos últimos dias percebi que o momento chegou e que ia finalmente comprar um exemplar de Anna Karenina (os da biblioteca não chegam, preciso de o ter na minha estante). Assim, hoje, em vez da terapia habitual da hora de almoço (eu, um banco de jardim e um livro) fui, de sorriso na cara e em passo rápido, até à livraria mais próxima. Procurei sem sucesso, perguntei ao funcionário que, para não arruinar o momento, confirmou ter vários exemplares de uma das várias edições portuguesas deste clássico, escrito em 1877. Trouxe-a, admirei-a, era bonita, li o prefácio, estava em êxtase. Virei o livro e vi a etiqueta: €27. Em vez de desmaiar ou começar aos gritos, pousei o livro e fugi. Ainda não estou refeita do susto.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Facebook

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parcerias

WOOK - www.wook.pt

A Ler


goodreads.com

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D