Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Claro como a água

Claro como a água

19
Abr16

OPINIÃO | Bom Dia Camaradas

 

WmDev_635966157481753312.jpg

 Título: Bom Dia Camaradas

Autor: Ondjaki

Ano de publicação: 2003

Editora: Caminho

 

Após ter lido o meu primeiro livro do autor: Uma Escuridão Bonita, fiquei com muita vontade de ler algo mais sério. Este primeiro romance foi mesmo muito bom, mas foi demasiado curto. Decidi que tinha de experimentar rapidamente outra obra do autor.

 

Em Bom Dia Camaradas o autor traz de volta a infância dos anos 80 vivida num país em guerra e em profunda crise. É através dos olhos e das palavras de uma criança que nos é dada uma visão de Luanda e Angola, em particular sobre a cultura angolana, a opressão a que a sociedade está sujeita, o medo que habita em toda a população, a falta de comida e o clima de guerra vivido na altura. Ignorante como sou no que toca a história, fiquei boquiaberta com algumas das situações descritas no livro.

 

Se no primeiro livro que li, o autor não fazia uso do calão nem de expressões angolanas, em Bom Dia Camaradas dá-se precisamente o oposto. Achei absolutamente fascinante o uso deste tipo de expressões, como por exemplo  "camarada professora-foguete" e "ché-kingue", que ainda por cima proporcionam momentos bastantes divertidos e uma leitura com sotaque angolano. Algumas das expressões eram fáceis de deduzir, outras eram completamente incompreensíveis para mim, mas felizmente existe um glossário no final do livro ;)

 

 

17
Abr16

OPINIÃO | Uma Escuridão Bonita

WmDev_635964874408794694.jpg

 Título: Uma Escuridão Bonita

Autor: Ondjaki

Ano de publicação: 2013

Editora: Caminho

 

Tão simples mas tão tão tão bom. É um livro mágico que arrepia qualquer leitor, não só pelo escrita de Ondjaki, mas também pelas ilustrações arrebatadoras do artista António Jorge Gonçalves

 

 

Este foi o meu primeiro contacto com Ondjaki (o escritor angolano que vou ter o prazer de conhecer durante a apresentação do novo livro de Afonso Cruz na próxima terça-feira :D) e foi uma enorme surpresa. Fiquei de tal forma apaixonada pela sua escrita, que já estou a ler outro livro do autor.

 

Uma Escuridão Bonita é a história de um simples beijo, só que nunca um beijo foi descrito de forma tão doce e tão poética. Dentro do livro está escuro, as páginas negras não deixam dúvida, mas nunca uma escuridão foi tão bonita. As ilustrações e as palavras escritas a branco transportam-nos para aquela noite, levam-nos a sentir o toque e a intimidade entre as personagens e fazem-nos viver aquele beijo. 

 

 

Depois das mãos e dos lábios, os nossos corações acelerados eram um único chuvisco de contenteza. Até acreditei que dentro de nós havia um cheiro de terra depois de chover.

 

Ondjaki, a par de Javier Marías, está em vias de ser a revelação de 2016 no meu mundo literário!

 

Classificação no Goodreads: 5/5

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Facebook

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parcerias

WOOK - www.wook.pt

A Ler


goodreads.com

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D